Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Ifes Campus Montanha lança cartilha para orientar alunos e servidores durante Pandemia.
Início do conteúdo da página

Ifes Campus Montanha lança cartilha para orientar alunos e servidores durante Pandemia.

Publicado: Segunda, 30 de Março de 2020, 10h47 | Última atualização em Segunda, 30 de Março de 2020, 10h47
EXTRATO DO MANUAL SOBRE COMO AGIR DURANTE A QUARENTENA – Ifes Campus Montanha
 
 
Diga não à solidão. Estamos isolados e confinados, mas você pode e deve buscar interações. Há inúmeras formas de reduzir a solidão. O isolamento autônomo é observado em pessoas em condição de isolamento social ou confinamento. Não se sinta só. Converse sobre seus problemas, procure saber notícias de amigos e familiares e se coloque a disposição para ouvi-los também. Busque contato com outras pessoas por meios tecnológicos ou com proximidade segura.
 
Sorria mais. Dê gargalhadas se puder, encontre razões para ver graça nas situações e compartilhe a felicidade, mesmo de pequenas coisas. Tire mais fotos e registre momentos para recordar quando preciso;
 
Evite o excesso de informações para não gerar ansiedade e medo. Marque horários específicos para assistir aos noticiários ou ler as notícias online. Procure certificar-se de que as informações que está acessando são verdadeiras, verifique se as fontes são seguras e confiáveis; 
 
Não compartilhe notícias sem antes verificar se não se trata de Fake News; 
 
Evite pensamentos alarmistas e pessimistas que podem distorcer a realidade e amplificar os problemas. Por pior que a situação pareça, vai melhorar e podemos encontrar aspectos positivos em cada momento. Questione seus medos e certamente vai encontrar razões para enfrentar o problema com calma; 
 
Não tente fingir que nada está acontecendo, mas enxergue as possibilidades positivas em toda a situação. As crises servem para oferecer alternativas, nos fazer pensar mais rápido e encontrar soluções inesperadas; 
 
Fique ativo. Vale reforçar que ficar “sem fazer nada” tende a promover o desânimo e uma reação em cadeia leva à ansiedade, a pensamentos pessimistas ou alarmantes, a sintomas depressivos. Tire momentos para relaxar, mas não se esqueça da rotina que determinou para si.
registrado em:
Fim do conteúdo da página